O Departamento de Antropologia da UFPR foi um dos primeiros a se constituir no Brasil por iniciativa do médico, etnólogo e professor José Loureiro Fernandes. Sua organização, em 1958, se fez acompanhar da criação de outros dois centros de pesquisa, o Museu de Arqueologia e Tradições Populares em Paranaguá e o Centro de Ensino e Pesquisas Arqueológicas.

Voltado ao ensino e à pesquisa, o Departamento de Antropologia promoveu em 1972 a criação do Curso de Aperfeiçoamento de Antropologia, depois transformado em Curso de Especialização, primeira alternativa de pós-graduação lato sensu na área de Antropologia do sul do país. Do sucesso dessa experiência, que teve a duração de mais de dez anos, resultou a criação do Mestrado em Antropologia Social (Resolução CEPE Nº 29/88), cujas atividades tiveram início em 1991.

Reestruturado em 1998, este passou a denominar-se Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social – PPGAS. A nova estrutura curricular recebeu parecer favorável da CAPES em dezembro do mesmo ano, inclusive com concessão de bolsas.

Organizado em cinco linhas de pesquisa, o Programa de Pós-graduação em Antropologia além de propiciar uma sólida formação teórico-metodológica, estimula o estabelecimento de interconexões com as demais áreas do conhecimento.

Clique aqui para acessar a página do PPGA