O Centro de Documentação e Pesquisa em História (CEDOPE-UFPR) e a Rede GEOPAM Geopolíticas americanas nos séculos XVI e XVII convidam para o Colóquio Passagens Americanas: descrições geográficas e práticas geopolíticas que se realizará nos próximos dias 25 e 26 de março, em Curitiba. A programação segue em anexo e as inscrições podem ser feitas no primeiro dia do evento ou antecipadamente pelo email cedope.ufpr@gmail.com

A proposta desse colóquio é discutir diferentes usos que a geografia adquiriu na América do Sul do início do período colonial ao século XIX. O termo geopolítica surgiu no século XIX e a disciplina de Geopolítica visava dar “legitimidade científica para a prática estratégica estatal, que crescente e sistematicamente instrumentaliza o espaço (e o tempo) visando objetivos econômicos e de controle social”, como explica Bertha Becker. Podemos dizer, porém, que desde o século XV ao menos, era bastante clara aos administradores, conselheiros e funcionários régios, missionários, poetas e cronistas, homens de armas e colonizadores, a importância do conhecimento geográfico e são abundantes as referências à produção de descrições geográficas – textuais ou imagéticas – visando o aconselhamento, o arbítrio, o desenho de projetos e a tomada de decisões. 

Os pesquisadores que apresentam seus trabalhos neste Colóquio foram motivados pela ideia de que considerar a geopolítica implica entender a geografia não apenas como um objeto de conhecimento, mas como um elemento sobre o qual se inscrevem as motivações, decisões, estratégias – para quem tinha poder de as adotar -, ou táticas, para os que eram obrigados a adaptar seus interesses às condições possíveis. 

Todos estão convidados a participar e divulgar.