VII Jornada Setecentista – 2007

Apresentação – Andréa Doré e Antonio Cesar de Almeida Santos

Pátria e Nação – Fernando Catroga

 

I – A incorporação dos homens na América Portuguesa: Homens de Armas e Administrados

A guerra luso-castelhana e o recrutamento de pardos e pretos: uma análise comparativa (Minas Gerais, São Paulo e Pernambuco, 1775-1777) – Luiz Geraldo Silva, Fernando Prestes de Souza e Leandro Francisco de Paula

As armas em nome de Sua Altíssima Majestade: organização e cotidiano das tropas de primeira linha na capitania do Ceará (século XVIII) – José Eudes Arrais Barroso Gomes

“Fazer soldados, poder tremendo! não os fazer, maior ainda” – Christiane Figueiredo Pagano de Mello

Heranças do Antigo Regime português na estruturação da marinha de guerra brasileira (1790 a 1850) – Rosângela Maria da Silva

O Regimento das Missões: poder e negociação na Amazônia portuguesa – Marcia Eliane Alves de Souza e Mello

Os índios oficiais na Amazônia pombalina (1750-1798) – Rafael Ale Rocha

Projetos coloniais: antagonismo e confluência nas povoações e fronteiras da Amazônia setecentista – Simei Maria de Souza Torres

 

II – Administração e Governantes no Império Português

A câmara municipal da Vila Real do Senhor Bom Jesus do Cuiabá e o seu período de “regência” – Nauk Maria de Jesus

Aritmética política e a administração do estado português na segunda metade do século XVIII – Antonio Cesar de Almeida Santos

Os governadores do Estado do Grão-Pará e Maranhão: perfis sociais e trajetórias administrativas (1751-1780) – Fabiano Vilaça dos Santos

Ouvidores régios em Paranaguá: uma discussão sobre a centralização jurídico-administrativa na América Portuguesa (1723-1812) – Jonas Wilson Pegoraro

Um governador em apuros: a trajetória administrativa de José Marcelino de Figueiredo (Rio Grande de São Pedro, 1769-1780) – Fábio Kühn

Um ilustrado mineiro no governo de Macau – Anita Correia Lima de Almeida

 

III – Territórios, Viagens e Viajantes

Estudo metodológico de relatos científicos e de viagem no iluminismo português: dois viajantes pelo sertão nordestino – Tiago Bonato

“Nomes e serventia”: Administração e História Natural em Moçambique em finais de Setecentos (c. 1781-1807) – Eugénia Rodrigues

O viajante instruído: os manuais portugueses do Iluminismo sobre métodos de recolher, preparar, remeter, e conservar productos naturais – Magnus Roberto de Mello Pereira e Ana Lúcia Rocha Barbalho da Cruz

Soberania e territorialidade colonial: Academia Real de História Portuguesa e a América Portuguesa (1720) – Íris Kantor

 

IV – Educação e Cultura Letrada

A circulação dos livros da Tipografia do Arco do Cego em Nossa Senhora do Desterro (Florianópolis, século XVIII) – Felipe Matos

As aulas de comércio no Império luso-brasileiro: o ensino prático profissionalizante – Cláudia Maria das Graças Chaves

Iluminismo e Reforma: civilidade, educação moral e práticas culturais dos professores régios – Thais Nivia de Lima e Fonseca

Quando Napoleão fez com que se jogassem livros ao mar: comércio de livros e idéias entre França e Portugal na virada do século XVIII para o XIX – Cláudio DeNipoti

Verney e a questão do Iluminismo em Portugal – Eduardo Teixeira de Carvalho Júnior

 

V – Igrejas e Religiosidades

As metamorfoses da espera: messianismo judaico, cristãos-novos e sebastianismo no Brasil colonial – Jacqueline Hermann

“Dai e vos será dado”: benfeitores do Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro, séculos XVI-XVIII – Jorge Victor de Araújo Souza

Diásporas para o Reino e Império. Judeus conversos e sua mobilidade: aproximações a um tema – José Alberto Rodrigues da Silva Tavim

Os religiosos e as mulheres: um olhar sobre as famílias constituídas pelos clérigos – Suely Creusa Cordeiro de Almeida

 

VI – Populações e Sociabilidades Coloniais

A escravidão e a cor dos escravos e dos livres (Freguesia de São José dos Pinhais – PR, passagem do XVIII para o XIX) – Cacilda Machado

Ascensão econômica de libertos no Rio Grande de São Pedro do Sul: o caso do preto forro Pedro Gonçalves, início do século XIX – Gabriel Aladrén

Do Porto de Casais à Freguesia de Nossa Senhora da Mãe de Deus de Porto Alegre: ensaio sobre os espaços de sociabilidades a partir do cruzamento nominativo de fontes eclesiásticas – Ana Silvia Volpi Scott

O lado oculto da opulência: comunidades rurais no século XVIII mineiro – Mônica Ribeiro de Oliveira

Política e população no Império Português: Moçambique no último quartel do século XVIII – Ana Paula Wagner

Uma contribuição ao estudo da onomástica no período colonial: os nomes e o povoamento do Extremo Sul da Colônia (Continente do Rio Grande de São Pedro, c. 1735-c. 1777) – Martha Daisson Hameister

Visões sobre o comércio de escravos entre Pernambuco e a Costa da Mina no século XVIII – Ana Emilia Staben

 

VII – Comércio e Abastecimento na América Portuguesa

As carnes secas do Ceará e o mercado atlântico no século XVIII – Almir Leal de Oliveira

Comércio de abastecimento e conflitos inter-camarários entre Santos e São Paulo (1765-1822) – Denise A. Soares de Moura

Comércio e poder na cidade de São Paulo setecentista – Maria Aparecida de Menezes Borrego

O Caminho Novo: uma viagem social, administrativa e econômica às Minas Gerais setecentistas – Luciane Cristina Scarato

O processo de endividamento em Curitiba no século XVIII – Joacir Navarro Borges