Coordenador geral, Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira
Tel.: 55 41 3360-5320
E-mail: adriano@ufpr.br
blog: www.adrianocodato.blogspot.com
site: http://ufpr.academia.edu/AdrianoCodato
cv lattes

áreas de pesquisa

Política brasileira contemporânea, com ênfase no estudo dos processos de representação de interesses políticos e econômicos em regimes ditatoriais; estudo de elites políticas; teoria política marxista.

 

atuação profissional

Professor de Ciência Política na Universidade Federal do Paraná.  Atua também no Programa de Pós-Graduação em Ciência Política (Mestrado) e no Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas (Mestrado e Doutorado) na UFPR. É Editor da Revista de Sociologia e Política.

principais publicações

CODATO, Adriano. Marx and the invention of post-capitalist politicsBrazilian political science review, v. 6, p. 134-143, 2012.

CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Marxismo como ciência social. Curitiba – PR: Editora UFPR, 2011. v. 1. 322p .

CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff. Marxismo e elitismo: dois modelos antagônicos de análise social? Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso), v. 24, p. 143-153, 2009.

CODATO, Adriano. A elite destituída: a classe política paulista nos anos trinta. In: João Ricardo de Castro Caldeira; Nilo Odalia. (Org.). História do Estado de São Paulo: a formação da unidade paulista. São Paulo: Editora UNESP; Imprensa Oficial; Arquivo Público do Estado, 2010, v. 2, p. 275-305.

CODATO, Adriano; PERISSINOTTO, Renato Monseff. The State and Contemporary Political Theory: Lessons from Marx. In: Stanley Aronowitz; Peter Bratsis (eds.). Paradigm Lost: State Theory Reconsidered. Minneapolis (MN – EUA): University of Minnesota Press, 2002, v. , p. 53-72.

CODATO, Adriano. Sistema estatal e política econômica no Brasil pós-64. Sao Paulo: Hucitec/ANPOCS/Ed. da UFPR, 1997. 368p.

biografia

Adriano Codato é graduado em Ciências Sociais (com ênfase em Ciência Política), Mestre em Ciência Política e Doutor em Ciência Política, sempre pela UNICAMP. Professor de Ciência Política na Universidade Federal do Paraná (UFPR) desde 1992, é fundador e editor da Revista de Sociologia e Política (www.scielo.br/rsocp) e um dos coordenadores do Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira da UFPR (www.nusp.ufpr.br). Foi, por um curto período, professor-visitante na Universidad de Buenos Aires em 2007. Atua no Programa de Pós-Graduação em Ciência Política (Mestrado) e no Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas (Mestrado e Doutorado) na UFPR. Coordena o projeto PROCAD/Capes Composição e recomposição de grupos dirigentes no Nordeste e no Sul do Brasil: uma abordagem comparativa e interdisciplinar. Atualmente, dedica-se ao estudo dos processos de recrutamento da classe política brasileira e coordena o Observatório de elites políticas e sociais do Brasil (http://observatory-elites.org/). Possui alguns livros publicados, dentre os quais se destacam os seguintes: Sistema estatal e política econômica no Brasil pós-64. São Paulo: Hucitec, 1997; Marxismo como ciência social (com Renato Perissinotto). Curitiba: Editora UFPR, 2011.

formação

Doutorado em Ciência Política na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP, Brasil); Mestre em Ciência Política na UNICAMP e graduado em Ciências Sociais (área de concentração: Ciência Política) também na UNICAMP. Foi bolsista da FAPESP, do CNPq e da CAPES.

prêmios

Recebeu o Prêmio “José Albertino Rodrigues” concedido pela Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS) para as melhores obras científicas de 1996, na categoria Melhor Dissertação de Mestrado pelo trabalho Estrutura política e interesse de classe: uma análise do sistema estatal no Brasil pós-1964 – o caso do Conselho de Desenvolvimento Econômico.

Recebeu o Prêmio ANPOCS para melhor Obra Científica de Ciências Sociais de 2012 da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais pelo livro com Renato Perissinotto, Marxismo como ciência social (Ed. UFPR, 2011).