descrição do grupo

Os objetivos desse grupo são: 1) aprofundar as discussões em torno das questões teórico-metodológicas sugeridas pela Teoria das Elites (e das críticas a ela formuladas); e 2) realizar uma série de estudos sobre a “classe política” em diferentes momentos históricos. Este último objetivo, a nosso ver, possibilitará cobrir uma importante lacuna na historiografia e na sociologia política brasileiras, que raramente tiveram como objeto de estudo os grupos politicamente dominantes.

Coordenador: Adriano Codato

pesquisas em andamento

.
2011 – Atual
As transformações da classe política brasileira no século XXI: um estudo do perfil socioprofissional de deputados federais e senadores (1986-2014)

Descrição: Os objetivos deste projeto são: 1) traçar um perfil social da classe política brasileira (especificamente dos deputados federais e senadores) no período compreendido entre 1986-2014; 2) verificar o processo de mudança e/ou conservação das elites políticas no Brasil após o novo regime da Constituição de 1988 e seus impactos sobre os limites para o aprofundamento da democracia. De um ponto de vista mais geral, pretende-se: discutir os problemas da democracia em conexão com os diferentes tipos de desigualdades (sociais, econômicas) e seu impacto sobre as oportunidades de participação política dos indivíduos. Para tanto, será preciso determinar a estrutura atual do campo político nacional e os constrangimentos à participação e à ocupação de posições centrais por integrantes de grupos subalternos. Com isso, desejamos debater a tese segundo a qual tem havido uma relativa popularização da classe política brasileira, basicamente depois das eleições de 2002.
Registro Thales/Banpesq: 2011025411.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
.
2010 – Atual
Composição e recomposição de grupos dirigentes no Nordeste e no Sul do Brasil: uma abordagem comparativa e interdisciplinar

Descrição: O projeto tem como objetivo principal a formação de uma rede de cooperação em pesquisa sobre elites e grupos dirigentes no país. Para isso, o projeto buscará somar esforços de pesquisadores de diferentes formações disciplinares – história, sociologia, ciência política e antropologia – atuantes em universidades dos estados de Sergipe, Paraná e Rio Grande do Sul, especialistas no tema. Entre os objetivos específicos, identificamos: 1) A partir de uma perspectiva histórica ampla – que compreenda o século XX – e comparativa entre as regiões Nordeste e Sul, estabelecer pelo menos quatro grandes eixos investigativos: (a) das relações entre sistema escolar e formação de grupos dirigentes (profissionais, burocrático-estatais, políticos, culturais, eclesiásticos); (b) das grandes famílias e de suas estratégias de reprodução e consagração social; (c) da atuação das elites estatais e dos processos de elaboração de políticas de governo; (d) das estratégias de consagração profissional desenvolvidas; e 2) com base na implementação dessa agenda comum de questões de pesquisa, criar sinergias entre estoques de investigações parciais e em andamento e comparar novos achados sobre as regiões quanto a: (a) modernização do aparato estatal e as relações com o recrutamento de elites burocráticas e jurídicas; (b) transformações na composição de elites políticas regionais e municipais (parlamentares, executivas e de alta administração); (c) relações entre características das elites políticas e elaboração de determinadas políticas governamentais; e (d) lógicas de constituição de certas elites profissionais, como as empresariais, eclesiásticas e jornalísticas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
.
2010 – Atual
Como se faz um deputado: a seleção de candidatos para deputado federal nas eleições de 2010

Descrição: A partir de um survey aplicado a 120 candidatos a deputado federal nas eleições de 2010, o presente projeto de pesquisa tem por principal objetivo entender de que modos os candidatos experimentam a fase em que são inseridos nas listas eleitorais nos quatro maiores partidos brasileiros, notadamente o PT, o PSDB, o PMDB e o DEM. O survey foi aplicado para candidatos de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Sergipe e Pará. A pesquisa ocorre através de uma cooperação entre pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos, da Universidade Federal do Paraná, da Universidade Federal de Sergipe, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e da Universidade Federal do Pará. A pesquisa tem como objetivos específicos: i) formar um banco de dados sobre a seleção de candidatos no Brasil; ii) estabelecer as diferenças do processo de seleção entre os diferentes partidos políticos; iii) criar uma agenda de pesquisa empírica sobre o recrutamento de elites e a profissionalização do ofício político; e iv) estabelecer a lógica da relação entre os processos de seleção de candidatos, os partidos políticos e o sistema político no Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
.
2006 – Atual
Quem são e o que pensam os Desembargadores paranaenses?

Descrição: Esse projeto de pesquisa pretende fazer uma sociologia dos operadores jurídicos no Tribunal de Justiça do Paraná. Inicialmente foi aplicado um questionário a 71 Desembargadores. Os dados já foram sistematizados no SPSS. Agora pretende-se aplicar uma entrevista em profundidade com alguns dos entrevistados a fim de obter informações verticalizadas sobre a sua trajetória escolar e profissional e sua origem social. O objetivo é identificar os determinantes sociais da carreira jurídica e os valores políticos e sociais dos Desembargadores. Paralela a isso, um estudo sobre processo decisório do TJ do Paraná está sendo feito..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
.