Mestrado e Doutorado em Sociologia

O Programa de Pós-Graduação em Sociologia funciona desde 1995 com o Curso de Mestrado em Sociologia, que recebeu parecer favorável de reconhecimento da CAPES em 1997. É o primeiro programa de pós-graduação em Sociologia no Paraná. Ele permite aos estudantes de pós-graduação o aprofundamento num amplo leque temático, que compreende as áreas tradicionais de estudo das Ciências Sociais e os temas emergentes. O Curso de Doutorado foi recomendado pela CAPES em fevereiro de 2004 e aprovado pelos Conselhos Superiores da Universidade Federal do Paraná em março de 2004. É o primeiro Doutorado em Sociologia no Paraná.

O Programa de Pós-Graduação em Sociologia, atualmente com conceito 4 segundo a classificação CAPES, atende à demanda de profissionais em Ciências Sociais (antropólogos, cientistas políticos, sociólogos) e áreas afins (Direito, Economia, Administração, Geografia, História, Filosofia, Serviço, Social, Pedagogia, etc.), atuantes em instituições de ensino e pesquisa, entidades governamentais, ONGs e empresas privadas. Dessa forma, oferece aos interessados uma formação intelectual que permita dominar os paradigmas teórico-metodológicos na área de sociologia e de fronteiras com outras áreas de conhecimento. O programa visa formar profissionais altamente qualificados para as atividades relacionados à pesquisa, ensino e desenvolvimento.

A via de acesso para os cursos de mestrado e doutorado é pelo processo seletivo, que é realizado anualmente, sempre no 2° semestre de cada ano. São requisitos básicos para obtenção do título de mestre: cursar disciplinas, participar de seminários, realizar exame de qualificação e defesa de Dissertação. O mestrando deverá integralizar 24 créditos em disciplinas e defesa da dissertação num período máximo de 30 meses. Bolsistas terão um prazo de 24 meses. Para a obtenção do título de doutor o aluno deverá cursar disciplinas, participar de seminários, realizar exame de qualificação e defesa de tese. O doutorando deverá integralizar 36 créditos em disciplinas e defesa de tese num período máximo de 48 meses. Os alunos deverão cursar disciplinas obrigatórias e optativas conforme a grade curricular.